domingo, 20 de janeiro de 2013

Vale de Santarém --- música de Zeca Afonso-- Poema ----Luís de Camões------ video realizado por mhelena serrador

video

CONVENTO de S.Francisco / atualmente MUSEU de S. FRANCISCO Santarém ---

video

Verdes são os campos ---POEMA de LUÍS de CAMÕES ----foi musicado por ZECA AFONSO

Verdes são os campos, ----- De cor de limão: ------- Assim são os olhos ----- Do meu coração.-------- ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ Campo, que te estendes ---- Com verdura bela; ------- Ovelhas, que nela ------- Vosso pasto tendes, ------ De ervas vos mantendes ---- Que traz o Verão, -------- E eu das lembranças ------ Do meu coração.----------- .......................)

CASAS em S.PEDRO -- rodeadas de VERDURA ---julho 2011

video

video de fevereiro 2011

video

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

AFONSO LOPES VIEIRA --- ai flores....

(.................... Ai flores, ai flores do Pinhal florido, --- que vedes no mar?--- Ai flores, ai flores do Pinhal florido,...--- que grande saudade, que longo gemido--- ondeia nos ramos, suspira no ar!--- ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ Na sussurrante e verde catedral--- oiço rezar a alma de Portugal:--- ela aí vem, dorida, e nos seus olhos--- sonâmbulos de surda ansiedade,--- no roxo da tardinha,--- abre a flor da Saudade:--- ela aí vem, sozinha,--- dorida do naufrágio e dos escolhos,--- ..........................) ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

domingo, 13 de janeiro de 2013

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

AFONSO LOPES VIEIRA ---- «E saudades até... doutras saudades.»

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ Sobre o mar infinito debruçando------- Seu cismático olhar de nostalgia,----- Vê Portugal, ao fim de cada dia,------ As estrelas no céu irem tombando.----- ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ Vão no Ocidente as luzes apagando----- A flama bela que resplandecia:------- E o olhar português, que o céu enchia,--- Encheu-se de saudades, contemplando.----- ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ Dos meus olhos as fundas claridades,----- Oh meu amor, vão para ti mais belas------ Desta alma ocidental, flor de saudades.--- ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ Mas saudades de ti? De mim? De quem?----- As saudades da altura das estrelas,------ As saudades sem fim do mais além.------- ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

S.Pedro de Moel---- 1º dia do Ano